Imagem de destaque do post 5 dicas para realizar videochamadas profissionais Imagem de destaque do post 5 dicas para realizar videochamadas profissionais

5 dicas para realizar videochamadas profissionais

Quer saber como realizar e manter suas videochamadas profissionais em tempos de home office? Confira 5 dicas imperdíveis no blog da Marke!

Categorias:

Você trabalha em uma média ou grande corporação e precisa manter conexão com a equipe? Você é um profissional liberal e necessita atender seus clientes de forma online em videochamadas?

Em momento de isolamento social, freelancers, psicólogos, coaches, advogados e inclusive médicos, estão precisando estreitar suas relações com clientes e parceiros através de videoconferências.

Aqui na Marke, iniciamos nosso período de trabalho remoto no dia 17 de Março e desde lá conseguimos manter o ritmo de trabalho graças às ferramentas que permitem salvar documentos na nuvem, chat online e, principalmente, recursos de videoconferência.

Percebendo que este tópico está sendo bastante abordado e muitos ainda estão em busca de sugestões de ferramentas e de como se organizar no trabalho remoto, reunimos dicas fundamentais para o sucesso desta experiência.

As melhores dicas para videoconferências mais profissionais

1. Obtenha uma ferramenta de videochamadas profissional

Nossa primeira grande dica é em relação à ferramenta que você irá utilizar para suas reuniões online. 

As videochamadas e reuniões online já eram realidade no dia-a-dia de profissionais de diversos segmentos para trabalho remoto. Agora, se tornam um recurso essencial para quem foi forçado a se adaptar à prática do home office para continuar na ativa em tempos de confinamento devido ao novo coronavírus.

Certamente você já ouviu falar sobre e possivelmente até já usou diversas ferramentas de vídeo chamadas gratuitas. Mas a pergunta é: quais delas realmente estão preparadas para um uso mais profissional e oferecem recursos para você explorar a favor da sua marca?

A ferramenta de videochamadas que a Marke utiliza é o Whereby, uma plataforma Norueguesa que vem conquistando os brasileiros há algum tempo, e que não poderia ser diferente com a gente.

Anteriormente chamado de appear.in, o Whereby oferece tanto uma versão gratuita quanto algumas versões pagas. Nas versões pagas é possível explorar recursos que nos possibilitam elevar o nível das nossas chamadas, como personalização das salas com nosso logo e URL da Marke, além de gravar as reuniões. 

Marke está utilizando o whereby.io em seu home office. Foto: Divulgação

Outro recurso muito útil dos planos pagos é a possibilidade de reunir um número grande de pessoas ao mesmo tempo. No plano Business, por exemplo, é possível conectar até 50 usuários simultaneamente.

Aqui na Marke, a gente cria salas individuais para cada membro da equipe e salas coletivas para reuniões internas e reuniões com o cliente. Isso nos permite organizar muito bem as reuniões e as pautas. 

Sem login, download e sem confusão, basta compartilhar seu link com alguém e a pessoa consegue conectar diretamente, sem precisar baixar o aplicativo da ferramenta.

O Whereby também oferece integração com outras ferramentas que contribuem para o sucesso do trabalho remoto, como Google Drive e Trello. Uma integração com o Youtube também permite aos usuários conectados assistirem ao mesmo vídeo durante uma reunião online.

Há diversas outras ferramentas de videochamada disponíveis, inclusive de forma gratuita, mas aqui na agência a gente prezou por qualidade e profissionalismo.

A seguir, trazemos outros pontos fundamentais para garantir uma reunião online de qualidade:

2. Tenha uma boa conexão com a internet

Com o aumento do número de pessoas em home office, também é possível perceber que a qualidade da navegação sofreu mudanças. O Brasil Internet Exchange (IX.br), projeto do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) detectou elevação no consumo. Em março o pico chegou a 11 Tb/s, sendo que em dezembro, o máximo era de 8 Tb/s. 

Por isso é importante buscar ter uma conexão de qualidade e sem quedas constantes, para garantir uma boa qualidade de áudio e vídeo, especialmente se durante a reunião algum membro irá compartilhar a tela do seu dispositivo. Reuniões com cortes e interrupções tendem a ser mais prolongadas, cansativas e não tão efetivas.

3. Prepare o ambiente ao seu redor

O local de onde você irá realizar a chamada em vídeo também é muito importante. Observe sempre a iluminação, para que você possa ser visto de forma clara, e procure estar em um local silencioso e reservado. 

Sons paralelos, como telefone apitando, volume da televisão ou pessoas conversando alto próximo de você podem causar distrações e ruídos que dificultam a compreensão. 

E cuidado, sua apresentação pessoal também pode ser um ruído! Por isso procure estar vestido de acordo com a ocasião, independentemente de estar realizando a chamada de casa.

4. Ajuste equipamentos de acordo (computador e fones de ouvido)

Observe o uso dos dispositivos apropriados. Se a reunião irá envolver uma apresentação e análise de gráficos, por exemplo, procure acessar a chamada através de um computador, e não do celular. 

O uso de fones de ouvido adequados pode também garantir que você escute melhor o que está sendo dito no outro lado.

5. Faça uma preparação prévia e roteiro para a reunião

Não esqueça de organizar uma pauta para a reunião e se preparar. Em tempos de isolamento social, é fácil perder o foco e acabar abordando assuntos diversos, inclusive de cunho não profissional. Mas isso faz parte. 

Reserve um tempo inicial para cordialidades, quebrar o gelo e jogar conversa fora. E não esqueça de, no início da chamada, perguntar a todos os envolvidos qual é o tempo que eles têm disponível para esta reunião. 

E se você estiver à procura de soluções de estratégias de marketing digital neste período de isolamento social, conte conosco!

Gostou das nossas dicas? O que está funcionando para suas videochamadas atualmente? Compartilhe conosco!