Imagem de destaque do post Gatilhos mentais para venda: o que são e como aplicá-los no Marketing Digital Imagem de destaque do post Gatilhos mentais para venda: o que são e como aplicá-los no Marketing Digital

Gatilhos mentais para venda: o que são e como aplicá-los no Marketing Digital

Leia o artigo de Marke e descubra sete gatilhos mentais para venda. Saiba como aplicá-los em uma estratégia de Marketing Digital. Confira!

Categorias:

Quem tem experiência com ações de marketing digital sabe muito bem da importância de criar elos com o usuário. Uma ligação bem estabelecida entre empresa e as pessoas é essencial para convertê-las em clientes.

Mas e como estabelecer essa relação? Como chamar a atenção e conquistar o usuário, de modo a torná-lo um cliente fiel?

É aí que entram os gatilhos mentais, elementos-chave na conversão de clientes através de diversas formas diferentes de se comunicar com seu público, seja por meio de conteúdos diversos e, especialmente, algum tipo de oferta de vendas.

Neste artigo, você vai conhecer alguns gatilhos mentais para venda e entender como eles podem ser úteis para aumentar as conversões e estimular o interesse das pessoas no seu negócio. 

Siga a leitura e confira!

O que são gatilhos mentais para venda?

Os gatilhos mentais são estímulos que ajudam a tomar decisões rápidas de forma impulsiva, sem pensar muito sobre o assunto. 

Por isso, são muito utilizados por especialistas em marketing e vendas para aumentar as conversões. 

De acordo com o influenciador norte-americano Neil Patel, um dos maiores nomes em termos de vendas e conversão, todos os seres humanos possuem essencialmente os mesmos gatilhos mentais para guiar suas ações. 

Logo, para compreender e influenciar seus consumidores, você precisa entender quais são esses gatilhos e, assim, utilizá-los em suas mensagens e ações de marketing.

Afinal de contas, é nossa mente que decide o que iremos comprar. 

Se você entende como funciona a do seu cliente no momento de compra, você tem o poder de influenciar suas decisões!

Como usar os gatilhos mentais?

Neste item, daremos alguns exemplos de como você pode usar os gatilhos mentais para criar laços com seu cliente!

Evoque reciprocidade

Qualquer relação de confiança entre seres humanos subentende uma ideia de reciprocidade. Nas vendas não é diferente!

Logo, se você oferecer um conteúdo de valor que irá ajudar o seu cliente em sua decisão (como um ebook, um orçamento ou uma consultoria, por exemplo) ele se sentirá em débito com sua marca. 

Nesse momento, ele está mais suscetível a entregar informações importantes em troca, como seu endereço de e-mail, seu telefone e outros. 

Seja transparente

Os gatilhos mentais devem ser utilizados com sinceridade! 

Até o momento de decisão de compra ou fechamento, o consumidor tende a pesquisar muito sobre concorrentes, valores, opiniões de outros usuários, etc. 

Por isso, se em algum momento você estiver utilizando algum gatilho mental de forma falaciosa, pode ter certeza que o seu consumidor irá perceber! Portanto, busque utilizar os gatilhos mentais sempre com base naquilo que é verdadeiro e combina com o seu negócio.

Provoque a curiosidade do cliente

Nós, humanos, somos naturalmente curiosos. Adoramos descobrir um enigma, um mistério. No marketing, não é diferente.

Então, ao invés de mostrar todo o valor de seu produto logo de uma vez, que tal ir seduzindo o cliente através de uma narrativa que acione sua curiosidade?

Introduza o tema de interesse, trabalhe uma narrativa de benefícios trazidos pela aplicação de seu produto ou serviço, mas não revele totalmente do que ele se trata.

Faça isso apenas quando a curiosidade do cliente for evidente. Aí, chegou a hora de mostrar o valor de sua marca por inteiro!

ilustração de um homem e uma mulher pensando em gatilhos mentais para venda

7 gatilhos mentais para venda

Agora, vamos apresentar sete gatilhos mentais que podem ajudar a aumentar as vendas e estimular o interesse das pessoas no seu negócio.

1. Gatilho da escassez 

A escassez faz algumas pessoas terem um medo inconsciente de perder a oportunidade que está sendo apresentada (e de que ela não volte a se repetir). 

Assim, se um cliente não se sente muito seguro para fechar negócio, o fato daquele ser um produto ou serviço limitado pode dar o impulso necessário para o fechamento. 

2. Gatilho da urgência 

Ao usar o gatilho de urgência, você ativa um comportamento por impulso nas pessoas, o que as impede de procrastinar e adiar a decisão da compra. 

Para adotá-lo, é preciso usar expressões e palavras que requerem uma ação instantânea, por exemplo: “agora”; “imediatamente”; “só até hoje”; “último dia”; “sua última chance”. Associado ao gatilho de escassez, pode ser uma ótima técnica para impulsionar resultados! 

3. Gatilho da antecipação 

O gatilho da antecipação mexe com as expectativas que temos em relação ao futuro. É preciso planejar um cenário positivo, preparando o cliente para um novo produto ou serviço que será oferecido. 

Nesse caso, deve-se mostrar os benefícios, as funcionalidades e o valor que ele terá para as pessoas — solucionar suas dores e satisfazer seus desejos. Assim, o cliente criará expectativas sobre o produto ou serviço mesmo antes de poder adquiri-lo! 

4. Gatilho das histórias

Desde os primórdios as pessoas contam histórias para conectarem-se umas às outras. 

Ao contar a história sobre como iniciou o seu negócio ou de como uma solução foi criada, por exemplo, fica mais fácil fazer o público se identificar e estreitar o relacionamento – já que isso costuma mexer com as emoções e ajuda a criar uma experiência diferenciada. 

5. Gatilho da prova social 

Em geral, somos seres sociais. Isso quer dizer que, em maior ou menor grau, sentimos a necessidade de pertencer a grupos que nos tragam identificação. 

Quando se percebe uma comunidade envolvida, com comentários e avaliações, as pessoas querem saber o que aquele produto ou serviço tem de tão especial. 

Para adotá-lo em seus negócios, você pode trabalhar com números, depoimentos, imagens, engajamento nas redes sociais e diversos outros elementos. 

6. Gatilho da novidade 

As pessoas gostam de novidades e se sentem atraídas por elas. Sendo assim, o gatilho da novidade trabalha em cima do prazer de usar ou adquirir algo que está em alta e fazer com que as pessoas pareçam mais modernas. 

7. Gatilho da reciprocidade 

Esse também é um dos gatilhos mentais mais importantes e vemos ele ser muito utilizado no Inbound marketing

A base desse recurso é a de retribuição, ou seja, queremos recompensar alguém por algo que nos gerou valor em algum momento. 

Na prática, você pode oferecer conteúdos gratuitos para sua persona, a fim de desenvolver a relação até que ela resolva se tornar seu cliente. 

Quer saber mais sobre as técnicas para gerar mais vendas e prospectar novos clientes? Entre em contato com a Marke e conheça nossos serviços!

Somos uma agência de Marketing Digital especialista em Marketing de Conteúdo e contamos com uma equipe qualificada em soluções digitais. Nosso foco é gerar resultados para o seu negócio. 

Entre em contato e saiba mais sobre nosso trabalho!